Aliança contra a crise

Redação

06 de novembro de 2008 | 06h00

A crise está conseguindo coisas inimagináveis, como o estreitamento na relação entre Banco Central e Fiesp.

Paulo Skaf convidou, e Henrique Meirelles se deslocou sábado, até o Guarujá, para almoçar com integrantes de convenção do Ciesp. “Acredito que o BC pode pressionar mais os bancos, principalmente os estatais, que têm algumas regalias a mais – como a garantia dos depósitos judiciários – com novas medidas”, observa o grande crítico da política monetária, que hoje vê com bons olhos o que o Banco Central vem fazendo. “Estão no caminho certo.”

É, a união faz a força.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.