Alckmin pediu pessoalmente que Tasso abrisse mão de disputa no PSDB

Sonia Racy

29 de novembro de 2017 | 01h15

GERALDO ALCKMIN

GERALDO ALCKMIN. FELIPE RAU/ESTADÃO

Alckmin soube que uma das precondições de Tasso Jereissati para abrir mão da disputa pela presidência do PSDB – sabidamente já sua – seria receber um pedido direto e pessoal.

Foi o que fez o governador.

Leia mais notas na coluna:

+ Processo do Maksoud Plaza pode chegar ao fim

+ Governo prepara celebração dos 200 anos da Independência

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: