Alckmin não deve ir para o União Brasil por causa de divisão interna, diz Campos Machado

Sonia Racy

16 de novembro de 2021 | 04h00

GGERALDO ALCKMIN. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

GERALDO ALCKMIN. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

Se Geraldo Alckmin não tem rechaçado a ideia de chapa com Lula em 2022, o experiente deputado Campos Machado acha que esta é uma missão impossível. Acredita que o ex-governador vá para o PSD para reeditar dupla com Márcio França de vice.

Temperatura

O DEM e o PSL estão dentro de uma disputa de poder entre Milton Leite e Junior Bozzella. É um partido que começa dividido”, disse em referência ao União Brasil, ontem, para justificar sua tese de que Alckmin escolherá, ao fim, a legenda de Gilberto Kassab.

Consultado, França disfarça e manda afago: “Alckmin é nome nacional e irá surpreender”.

Instalações modais

Os encontros criativos, realizados com curadoria de Marcelo Dantas para o Festival SPFW+Regeneração, resultaram em instalações. Abre hoje a SPFW exibindo, no Pavilhão das Culturas Brasileiras, obra da dupla Oskar Metsavaht/Sidarta Ribeiro. Bem como outra do estilista Luis Claudio/cantora Iza.

Uma terceira ficará no CCSP, até 5 de dezembro: a YAMA, de Fernanda Yamamoto com a comunidade centenária Yuba.

Tipo exportação

Dois ‘Edus brasileiros’ – o Mufarej, do Renova e o Lyra, da Gerando Falcões – estão entre os 250 convidados da quarta edição do Bloomberg New Economy Fórum. Que terá a participação de executivos, chefes de estado, inovadores e acadêmicos do mundo inteiro.

Vão discutir a criação de empregos na economia global sustentável. O evento de três dias, começa hoje, em Cingapura.

MEGALÓPOLE

Há 12 anos, pouquíssimos integrantes da iniciativa privada brasileira acreditavam que Alex Allard colocaria de pé a criação da Cidade Matarazzo. O ambicioso projeto de luxo, consumiu, até agora, mais de US$ 500 milhões – parte deste montante proveniente de fundo de investimento chinês.

No sábado (fotos ao lado) o empresário francês mostrou a que veio, abrindo a capela, montando coquetel regado a champanhe no pátio interno do complexo e convidando 200 pessoas para jantar feito pelo o estrelado chefe Felipe Bronze, no Hotel Rosewood, na Bela Vista – a ser inaugurado dia 15 de dezembro.

Projeto do arquiteto Jean Nouvel e curadoria de Philippe Stark, o hotel abriga em seu interior somente móveis brasileiros premiados.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.