Alckmin fala de Brasil com presidente do Parlamento alemão

Alckmin fala de Brasil com presidente do Parlamento alemão

Sonia Racy

15 Novembro 2016 | 20h43

FOTO DANIEL GUIMARÃES / A2img

FOTO DANIEL GUIMARÃES / A2IMG

Depois de visitar Maurício Macri em Buenos Aires, no dia 3, e encontrar anteontem, em Nova York, o futuro secretário-geral da ONU, António Guterres, Alckmin prosseguiu sua “temporada diplomática” recebendo no fim da tarde deste sábado, no Bandeirantes, o presidente do Parlamento alemão, Norbert Lammert.

Com argentinos e alemães, o governador falou especialmente de comércio – leia-se, uma forma de ampliar as exportações paulistas para esses mercados. Com Guterres, a agenda incluiu a política de SP para acolher refugiados – assunto do qual o português, longo tempo presidente da ACNUR, é um especialista. Lammert foi levado pelo embaixador Axel Zeidler, e Alckmin tinha a seu lado a assessora de Assuntos Internacionas, Ana Paula Fava.

A conversa incluiu vários acordos de cooperação já em andamento, dois deles com a Fapesp, e a conjuntura política do Brasil pós-impeachment de Dilma.