Alckmin corta carros e celulares custeados pelo governo

Sonia Racy

10 Dezembro 2016 | 00h20

Depois do Uber e serviços de táxi, o governo Alckmin adota uma nova medida para ajudar no corte de custos. Aboliu todos os celulares custeados pela administração estadual.

Triiim

A notícia foi dada aos secretários ontem em reunião no Bandeirantes – que mais se parecia, segundo fontes que participaram, a um “muro das lamentações”: todos reclamando de cortes.

Aliás, os comentários no encontro giraram em torno do apoio de Serra para que Aécio continue presidindo o PSDB e nada sobre a delação ou Lava Jato.