Alarmante 2

Sonia Racy

07 de fevereiro de 2011 | 23h10

Mauricio Lopes, promotor do júri, investigará as regiões da cidade mais sensíveis a este tipo de morte. Agora por meio da Promotoria de Habitação e Urbanismo, onde se encontra.

Pretende analisar ofertas públicas de lazer, saúde e convivência social à disposição da população. “Esta cidade está matando as pessoas de infelicidade”, avalia.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.