Al mare

Sonia Racy

30 de junho de 2015 | 01h12

A prisão de Marcelo Odebrecht pode atrapalhar uma negociação que estava em curso na Sete Brasil. O grupo conversava sobre ficar, ele mesmo, com quatro sondas construídas pelos estaleiro EEP, do qual é acionista. Eles alugariam os equipamentos, depois de prontos, para a Petrobrás.

Sócios da Sete estão, ao que se sabe, nervosos.