Aidar ataca ex-diretor em sindicância do São Paulo

Sonia Racy

03 de fevereiro de 2016 | 01h23

Miguel Aidar, ex-São Paulo, prestou depoimento ontem na sindicância aberta pelo clube, acompanhado de seu advogado José Luis de Oliveira Lima.

Negou que o São Paulo tenha sofrido qualquer prejuízo durante sua gestão na presidência e chamou o ex-diretor Ataide Gil Guerreiro de “traidor” e “mentiroso”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.