Ai, minhas pernas

Sonia Racy

01 de março de 2014 | 01h01

Nem bem o carnaval começava pra valer, os pés – repletos de bolhas e feridas – de Sabrina Sato já pediam arrego.

Mesmo assim, a musa resistiu: depois de Salvador, ainda encara São Paulo e Rio. Com… “sangue, suor e lágrimas”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.