Água no pescoço

Sonia Racy

09 de novembro de 2012 | 01h30

Confusão na Cedae. Tudo porque a empresa de saneamento do Rio reconheceu, na Justiça, ser indevida a taxa de tratamento de esgoto que é cobrada dos usuários no Estado.

Houve acordo para devolver… R$ 2 mil por cliente.

Água 2

O problema é que os processos movidos contra a companhia, por esse motivo, totalizam hoje mais de 100 mil – isso apenas na zona oeste da capital fluminense. Há 3 meses, o número de ações já chegava a 20 mil.

Sérgio Cabral quer que a briga migre do Tribunal de Justiça do Rio para o STJ. A ideia é tentar resolver a questão rapidamente.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.