“Afastar o povo dos livros é uma forma de manter a ignorância”, diz Bruna Lombardi

“Afastar o povo dos livros é uma forma de manter a ignorância”, diz Bruna Lombardi

Sonia Racy

18 de agosto de 2020 | 00h49

BRUNA LOMBARDI – FOTO: DANIELA RAMIRO/ESTADÃO

Bruna Lombardi está participando da ação #nãoataxaçãodoslivros, nas redes sociais. A atriz, que já tem mais de 10 livros publicados, acredita que a proposta de reforma tributária que quer taxar os livros com alíquota de 12% é um “desrespeito” à Constituição. “Afastar o povo dos livros é uma forma de manter a ignorância, de forçar o embrutecimento”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: