Advogados criticam proposta de mudanças em regimento interno do STF

Sonia Racy

12 de dezembro de 2020 | 00h50

Luiz Fux. Foto: Dida Sampaio/Estadão

Advogados reagem a nova proposta de mudança do regimento interno do STF que quer obrigar as decisões monocráticas em caráter liminar sejam referendadas pelo colegiado da Corte nas áreas penal e cível. Pela proposta, a submissão de uma decisão liminar à análise da turma e do plenário deverá ser… imediata e preferencialmente em ambiente virtual.  

Defensores reclamam que a OAB e grupos como o Prerrogativas não foram ouvidos e que assim, a ampla defesa seria prejudicada. 

Mudança 2 

Para Hugo Leonardo, criminalista, a alteração pretendida por Luiz Fux retira a autonomia garantidora de direitos dos ministros. “Cria uma dupla checagem para a concessão de medidas liminares”, afirma.

Corte e costura

Ciro Gomes já está articulando para João Santana ser seu estrategista para 2022.

Link internacional

O representante Gregory Meeks, democrata de Nova York, vai presidir a poderosa Comissão de Relações Exteriores. O deputado, próximo do embaixador Sergio Amaral, é co-presidente do Caucus Brasil. E será uma das pessoas chave nas relações do governo de Joe Biden com o Brasil.

Quente, frio

Quais são os destinos mais buscados – em tempos de pandemia – para viajar dentro do Estado? A Decolar levantou os locais mais procurados pelos moradores da capital paulista.

Vamos à comparação com 2019. Sai do primeiro lugar Campos do Jordão e entra Ubatuba. Em segundo lugar, permanece Ilhabela. Guarujá sobe um degrau, para a terceira colocação, e Campos de Jordão cai para a quarta posição.

Ano Covid

E o “novo normal” atingiu as festas de réveillon do Rio. Os tradicionais hotéis da cidade tiveram que se reinventar na hora de festejar.

A versão carioca do Fasano optou por uma ceia reservada apenas para seus hóspedes no restaurante Gero, recém aberto no térreo do hotel, seguida de brinde no rooftop – obviamente, respeitando as regras de distanciamento social.

Ano 2

Já o Emiliano oferecerá jantar do chef Camilo Vanazzi servido em lounges privativos, com garçom exclusivo, distribuídos pela cobertura do hotel. O som fica por conta de uma roda de samba, comandada por Pretinho da Serrinha. Bem no estilo “cada um na sua”.

No Janeiro, de Oskar Metsavaht, serão servidas apenas 35 ceias de ano novo, montadas pela chef Morena Leite. Como acompanhamento, todas as normas de segurança da Safeguard da Bureau Veritas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.