Advogados acham que Celso vai rejeitar pedido de Lula

Sonia Racy

11 Setembro 2018 | 14h24

LULA. FOTO: DOUGLAS MAGNO/AFP

LULA. FOTO: DOUGLAS MAGNO/AFP

Advogados que acompanham os trabalhos do Supremo Tribunal Federal avaliam que a demora de Celso de Mello em se manifestar sobre pedidos de Lula é sinal de que o ministro irá negar as solicitações do PT.

Ele estaria, segundo fontes, elaborando uma decisão sólida, que dê conta de explicar a diferença entre a situação de Lula e de outros casos em que atendeu a pedidos semelhantes.

Em 2008, por exemplo, ele decidiu que tratados sobre direitos humanos assinados pelo Brasil valem como se estivessem na Constituição. A defesa de Lula argumenta que ele pode se candidatar porque o Comitê de Direitos Humanos da ONU – que fiscaliza a aplicação do Pacto Internacional sobre Direitos Civis e Políticos – disse que sim.

O partido tem até 19h desta terça-feira, 11, para trocar a candidatura de Lula pela de Haddad. Para evitar a mudança, a sigla pediu na segunda-feira que o STF adie prazo da troca e suspenda a decisão do TSE que negou o registro da candidatura do ex-presidente. A PGR é contra.

Leia mais notas da coluna:
Sondado por ala do PSL, estrategista americano propõe um ‘Jair paz e amor’
FHC escreve a Toffoli para informar de ausência em sua posse