Advogada consegue acesso a documentos do Trench, Rossi & Watanabe

Sonia Racy

09 Janeiro 2018 | 01h05

A advogada Esther Flesch começou 2018 vencendo, em 1.ª Instância, a disputa contra seu ex-escritório, o Trench, Rossi & Watanabe. A Justiça lhe deu acesso irrestrito a documentos do escritório e da banca Baker & McKenzie.

Demitida após a contratação de Marcello Miller, a documentação vai embasar pedido de indenização. Ela é representada pelos advogados Rodrigo Monteiro de Castro e Guilherme Setoguti.

Leia mais notas da coluna:

Auxílio-moradia do Judiciário cresceu 3.300% em três anos, diz nota do Senado

‘Ou o País expulsa o populismo ou cai no buraco’, diz professor