Adão e Eva

Redação

01 de setembro de 2008 | 19h53

A psicanálise tem futuro? “Enquanto for necessário falar aos parceiros sexuais e seduzi-los, sim”, pondera a francesa Marie-Hélène Brousse, um dos maiores nomes da psicanálise mundial.

Aos tensos de plantão: a moça estará nos dias 5 e 6, no Centro Lacaniano de Investigação da Ansiedade.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.