Acústico

Sonia Racy

07 de março de 2014 | 01h03

Cristóvão Tezza desembarca amanhã na China. Motivo? Seu romance O Filho Eterno será lançado em mandarim.

Assim que voltar ao Brasil, atenderá ao pedido de Josélia Aguiar, curadora do Festival da Mantiqueira, que acontece mês que vem em São Francisco Xavier. O escritor substituirá o tradicional show de abertura do evento por uma conferência sobre literatura marginal.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.