Acusação não pretende questionar perícia sobre Dilma

Sonia Racy

29 de junho de 2016 | 00h50

Miguel Reale Jr., que faz a acusação contra Dilma no processo de impeachment ao lado de Janaína Paschoal, afirmou à coluna que não fará nenhum questionamento quanto às conclusões da perícia a respeito das denúncias contra a presidente. “Nada temos a questionar”, revelou ontem o advogado. “A perícia fixou a materialidade. Diz que foi desrespeitada a meta fiscal. E que houve operações de crédito.”

Reali considera “tola e bisonha” a questão de haver ou não carta de Dilma autorizando isto ou aquilo. “Trata-se de uma decisão de política oficial dela com seus ministros e pronto.” Alem do mais, no entendimento do jurista, não é tarefa da perícia tratar desse tema.

.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: