Acordo a jato

Sonia Racy

05 de abril de 2015 | 01h08

O TJ paulista assumiu a causa da defesa do consumidor. Instalou, na Barra Funda, uma máquina de autoatendimento que permite ao cidadão, por videoconferência, fazer uma reclamação e sair dali já com um acordo.

No cálculo de Marcelo Tostes, da empresa D’Acordo – que implantou o sistema e tem 100 desses totens instalados no País –, pelo menos 200 mil processos deixarão de entrar no Judiciário.

Na fila, para recebê-los estão Rio, Salvador, BH e Brasília.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: