A vida como ela é

Sonia Racy

19 de setembro de 2015 | 00h28

Trezentos processos julgados pelo Carf, envolvendo cerca de R$ 30 bilhões, foram enviados para cobrança administrativa nos dois últimos meses. Oitenta deles, avaliados em R$ 5 bilhões, estão na bica para serem cobrados. Os R$ 25 bilhões restantes entram na “dívida ativa”. Em outras palavras, vão para a Justiça.

Mas nem todos serão passíveis de ações judiciais. Do total, 91 processos, que somam R$ 13,7 bilhões, já foram parcelados em acordo com Refis. Portanto, sobre este montante não há nada que o Ministério da Fazenda possa fazer.

É o jeito Refis de ser…