A ver navios

Sonia Racy

26 de fevereiro de 2015 | 01h06

Grupo de credores da Ferretti ficou furioso ao saber que o estaleiro, em recuperação judicial desde dezembro, acaba de entregar barco de 74 pés a conhecido publicitário. E foi à Justiça pedir que a embarcação seja incorporada ao patrimônio da empresa, para que ela possa saldar seus débitos – estimados em R$ 48 milhões.

Navios 2

E os credores acusam a Ferretti de “furar a fila” para beneficiar o também apresentador – sabidamente amigo de Marcio Christiansen, responsável pela subsidiária da marca italiana no País.

Consultada, a Ferretti nega favorecimento. Segundo ela, “o grande problema enfrentado para entregar as unidades aos clientes é a falta de peças – que só chegam à medida em que estão disponíveis no fornecedor, fora do Brasil”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: