À suíça

Sonia Racy

29 de agosto de 2012 | 01h07

Paulo Coelho pintou o sete em discurso de homenagem a Oscar Niemeyer, sábado, na suíça St. Moritz, durante jantar de gala da Art Masters. “Vejo aqui grandes nomes, como Vik Munize Roberto Cabot, mas onde está o Romero Britto? Só porque faz sucesso não pode estar aqui?”

Depois do evento, o artista telefonou ao escritor e agradeceu.

À suíça 2

Niemeyer foi lembrado por sua contribuição à arquitetura. E o troféu, da Cartier, entregue a seu neto, Paulo Sérgio.

Tendências: