A regra é clara…

Sonia Racy

23 de novembro de 2013 | 01h03

Juvenal Juvêncio estranhou a lista dos clubes mais ricos da América, apresentada ontem pela Forbes. Motivo? A liderança do Corinthians.

O presidente tricolor não entendeu por que o Itaquerão entrou na conta de ativos do Timão, já que o estádio só pertencerá ao clube daqui a 30 anos.

Subtraídos os R$ 788 milhões da arena – valor estimado pela revista –, o primeiro brasileiro no ranking é o… São Paulo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: