A receber

Sonia Racy

13 Março 2015 | 01h01

A Sabesp vai aumentar a pressão sobre Mauá, Santo André e Guarulhos – que, juntas, lhe devem mais de R$ 6,6 bilhões.

“Estamos solicitando o aumento do porcentual dos pagamentos dos precatórios no TJ e o registro dos municípios no Cadastro de Inadimplentes do Estado”, avisa o advogado da empresa, Rubens Naves.