A quem interessar

Sonia Racy

24 de novembro de 2010 | 23h09

Em maio de 2005, por autorização de juiz de Nova York, o promotor público da cidade entregou ao Ministério da Justiça do Brasil e à PF, um CD com informações sobre contas de brasileiros em mais de um banco, inclusive os do Israeli Discount Bank. O IDB informa, portanto, não ter responsabilidade na quebra de sigilo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: