A pedidos?

Sonia Racy

01 de setembro de 2010 | 23h04

Foi a Odebrecht que montou a estrutura financeira do estádio do Corinthians, viabilizando o negócio. Empreiteira e time vão criar, juntos, uma empresa específica para contratar a linha de crédito de até R$ 400 milhões, oferecida pelo BNDES, para todas as arenas que serão construídas rumo à Copa de 2014.

Por que o Timão não se endivida sozinho? Os clubes brasileiros têm dificuldades de obter crédito visto que são agremiações esportivas e têm problemas com o Fisco.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.