A onda

Sonia Racy

20 de dezembro de 2013 | 01h07

Antes de o Fed vir à tona dizer como irá retirar os estímulos à economia, os mercados faziam previsões pessimistas, qualquer que fosse o número do corte. Pois anteontem, o Banco Central americano anunciou seu plano e… todo mundo gostou.

A onda 2

Por que mudança tão radical de humor? Roberto Setubal, do Itaú, lembra que os mercados têm tendência catastrófica. “Aí, o Fed veio, com cuidado, imprimindo uma redução racional, e tudo mudou.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.