À italiana

Sonia Racy

06 de maio de 2015 | 01h08

Um “pequeno” detalhe está chamando a atenção, no pedido que o advogado Alessandro Sivelli fará à Justiça de Roma para que Henrique Pizzolato continue cumprindo sua pena na Itália.

Depois de dizer que o acordo sobre a transferência não vale – visto que o Congresso do Brasil ainda não o aprovou –, Sivelli deixou de lado 18 meses de argumentação sobre a inocência de Pizzolato. Para dizer, apenas, que ele quer cumprir a pena na Itália.