A favor

Sonia Racy

14 de fevereiro de 2013 | 01h04

Nilson Teixeira, do Credit Suisse, foi o primeiro a prever o baixo PIB do ano passado. Acertou na mosca.

Este ano, o mercado torce para que ele acerte novamente: o economista está mais otimista que a média e aposta em 4% de crescimento.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: