A dor e a lei 2

Redação

05 de junho de 2009 | 08h35

Outra questão importante, lembra Tardin, é que as regras são diferentes para quem comprou a passagem no Brasil ou no exterior.

Assim como variam as situações. Por exemplo, para quem era funcionário da empresa, para os inventários e para os passageiros de outras nacionalidades.

Veja também:
mais imagensRicardo Trevisan comemora 50 anos em grande estilo, no Bar Escape
mais imagensSílvia Furmanovich convida para exposição Joias em Orquídeas, no Shopping Cidade Jardim
mais imagensAPAE promove leilão beneficente de vinhos no Terraço Daslu

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: