A conferir

Sonia Racy

04 de novembro de 2014 | 01h05

Em meio a rumores de que o recesso escolar pode ser antecipado por causa da crise de água no Estado, a Apeoesp – principal sindicato de professores de SP, ligado ao PT – lança amanhã campanha para reunir reclamações. O governo Alckmin nega mudanças no calendário escolar.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.