A bolsa e a vida

Sonia Racy

15 de outubro de 2013 | 01h08

O estudo mostra também que os beneficiários estavam menos satisfeitos com a vida antes do auxílio governamental. Numa escala de 0 a 10, a felicidade média era de 5,3 – contra 6 (a média geral).

De lá para cá, o índice de satisfação dos que recebem Bolsa Família aumentou 29%. E o do País? Apenas 18%.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: