A bênção de Jorjão

Sonia Racy

03 de março de 2014 | 01h03

“É uma feijoada santificada!”, afirmou, com as mãos para o céu, Ricardo Amaral ao encontrar padre Jorjão. Querido pela elite carioca e pelas celebridades, o religioso não conseguia dar mais que dois passos sem ser parado para pedidos de fotos e bênçãos.

Ele está à frente dos pedidos de doação da Igreja Católica para quitar a dívida da Jornada Mundial da Juventude – atualmente, em R$ 30 milhões.

A bênção 2

Para fechar a campanha exibida desde novembro em rádio e TV, a Arquidiocese do Rio fará, em março, show com os artistas que participaram da iniciativa – que teve o padre Fábio de Melo como estrela.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.