Visto autorizado pelo Brasil aos EUA já valia online

Sonia Racy

27 de março de 2019 | 01h00

Em meio à polêmica sobre dispensa de vistos para visitantes dos EUA, Austrália, Canadá e Japão – que o Senado se moveu, ontem, para reverter –, vale lembrar: os cidadãos desses países já tinham o direito de pedir o visto online.

Ou seja, não precisavam ir a nenhum consulado. O governo só os poupou de preencher um formulário na internet e esperar cinco dias úteis.

Não muda

Quem ainda espera que os EUA também dispensem brasileiros do visto pode desistir. Para que o País tivesse esse direito, a taxa de brasileiros que fica nos EUA além do limite autorizado tinha que estar em torno de 0,5% do total. Hoje está em 1,87%, segundo o governo americano. São 33.759 brasileiros.

+ Leia a íntegra da coluna