Guedes pode ter que entrar em campo para evitar decisões divididas

Sonia Racy

01 de março de 2019 | 00h55

PAULO GUEDES. FOTO: ADRIANO MACHADO/REUTERS

PAULO GUEDES. FOTO: ADRIANO MACHADO/REUTERS

Empresários – e alguns políticos – notaram nas rondas pelo ministério de Paulo Guedes. A razoabilidade do ministro da Fazenda na condução de medidas mais delicadas, com consequências políticas, não tem permeado a radicalização de alguns secretários ultraliberais convictos.

Acredita-se que Guedes terá que entrar em campo para evitar decisões divididas em medidas da equipe econômica.

Leia mais notas da coluna:
Rosa e Fachin, do TSE, querem consolidar leis eleitorais em resolução única
Paulo Ferreira deve ser escolhido como substituto de Robson Andrade no CNI

Mais conteúdo sobre:

Paulo Guedes