‘Por anos, a iniciativa privada evitou entrar na política’, diz criador da CNN Brasil

‘Por anos, a iniciativa privada evitou entrar na política’, diz criador da CNN Brasil

Sonia Racy

16 de janeiro de 2019 | 00h50

RUBENS MENIN. FOTO: WERTHER SANTANA/ESTADÃO

RUBENS MENIN. FOTO: WERTHER SANTANA/ESTADÃO

Rubens Menin, fundador e presidente do conselho da construtora MRV, decidiu ampliar sua atuação para a área de comunicação. “Por anos, a iniciativa privada evitou entrar na política ou contribuir de forma mais cidadã com o desenvolvimento do País. Esse tempo acabou”, explicou ele ontem à coluna.

O empresário vai presidir o conselho da empresa Novos Mídia, que conseguiu o licenciamento da CNN no Brasil.

Especulação

A iniciativa de Menin gerou especulação por causa da escolha de Douglas Tavolaro – que deixa a presidência da Record depois de 17 anos – para presidir a empreitada.

Quem conhece a seriedade de Menin garante: a iniciativa é genuína e a atuação da emissora brasileira será marcada por respeito às regras jornalísticas de isenção.

Leia mais notas da coluna:
Bruno Covas mantém Sturm na equipe
Rede tenta montar grupo com 13 senadores da esquerda