Haitianos usam fronteira com Bolívia para entrar no Brasil

Sonia Racy

20 Junho 2018 | 00h30

Corumbá, cidade na fronteira do Brasil com a Bolívia, é a nova porta de entrada dos haitianos detectada pela Defensoria Pública de SP. Semana passada, ação em parceria com ONGs encontrou grupo de quase 150 haitianos, procedentes do Chile, sem documentos.

Irregulares, foram orientados a entrar com pedido de refúgio.

Segundo Letícia Carvalho, da Missão Paz, que acompanhou a ação, oito grávidas foram encaminhadas ao abrigo da cidade.

O uso da nova rota, segundo ela, tem correlação com a “flexibilidade” da Bolívia na sua política de vistos. “É preciso que o Brasil reveja a portaria da acolhida humanitária. Essas pessoas vivem em situação de extrema vulnerabilidade. Temos que minimizar a violação de seus direitos”, afirma.