TSE quer ajuda do Tribunal de Contas para zerar controle de contas partidário

Sonia Racy

17 Março 2017 | 00h45

Força-tarefa 

Gilmar Mendes vai pedir reforço ao TCU para zerar a pendência de processos das contas partidárias. Conforme levantamento do Estado, publicado no domingo, existem R$ 3,7 bilhões de gastos obscuros dos partidos como um todo.

Tamanho da encrenca pela frente, segundo se apurou no TSE: leitura de nada menos que 1.443.500 páginas de processos encalhados de 2011 a 2015.

Força-tarefa 2

E para evitar o acúmulo de processos pendentes , o TSE deve instituir a partir deste ano, a prestação de contas… online. Atenção: o passivo será digitalizo e público.