Sindicato dos Aeronautas quer regulamentação da jornada de voos

Sonia Racy

30 de novembro de 2016 | 00h40

A tragédia de ontem com a Chapecoense fez aumentar o coro pela aprovação da nova Lei do Aeronauta. O PL, nada consensual, que tramita há cinco anos e passou na CCJ da Câmara, questiona as jornadas de trabalho.

O sindicato dos aeronautas quer que o Senado também agilize a votação.