Vale preocupada em não transformar inauguração em festa

Sonia Racy

29 de novembro de 2016 | 00h55

Ainda muito impactada pelo desastre ambiental da Samarco, a Vale, segundo se apurou, está tomando cuidado para não transformar em festa a inauguração, dia 15, do maior projeto de minério de ferro do mundo – orçado em US$ 14,3 bilhões.

A intenção é montar um evento simples em Carajás. Michel Temer e vários ministros já foram convidados. Se todos forem, será difícil manter a discrição pretendida no evento.

Maior 

O projeto S11B da Vale terá novo nome: o de Eliezer Batista – uma homenagem ao empreendedor.