Martelo batido

Sonia Racy

19 de setembro de 2014 | 01h04

Protegido pelo Iphan desde novembro, o Teatro Castro Alves, em Salvador, passa a ser considerado oficialmente patrimônio cultural do Brasil a partir de hoje – com a homologação do processo de tombamento.

Assinada por Marta Suplicy, a portaria ratifica decisão do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural. Hoje, no Diário Oficial.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: