Os bonequeiros que vieram de Florianópolis

Estadão

04 de abril de 2010 | 00h11

cartaz de João e o Pé de Feijão

cartaz de João e o Pé de Feijão

Fui ver no Teatro Brigadeiro um espetáculo de animação que veio de Florianópolis, João e o Pé de Feijão. É uma produção do grupo A Turma do Papum, encabeçado pelo bonequeiro Sérgio Tastaldi e pela atriz e manipuladora Márcia Pagani.

Tastaldi é um dentista que trocou a carreira pela arte. Foi trabalhar com teatro de animação na TV, participando de criações na Globo, na Bandeirantes e na TV Cultura. A Turma do Papum existe desde 1994. Ele utiliza a técnica de criar bonecos em látex, há 25 anos. Falei com ele no saguão do teatro, e também com Márcia. São um casal encantador, empolgado, que ama o que faz – e isso faz toda a diferença.

João e o Pé de Feijão é um clássico do repertório deles, montado pela primeira vez em 1996 e já apresentado em diversas partes do Brasil, bem como na Itália, inclusive numa versão mais curta, pocket. O que vemos no Teatro Brigadeiro é uma nova versão, reformulada, mas mantendo a técnica do teatro negro, com luz ultravioleta. Tastaldi e Márcia fazem um espetáculo correto, bem narrado, estimulando a fantasia das crianças, sem querer ficar inventando linguagens nem modernizar a história. Portanto, não vá esperando revolução, é um conto bem desenvolvido, que dá o seu recado e pronto.

O melhor da minha conversa com Tastaldi foi o que ele me contou sobre a trilha sonora da peça. Depois de anos fazendo o espetáculo com músicas estrangeiras, decidiu valorizar a música de nosso país e chamou um grupo para dar cara de Brasil à trilha, o Trio Engenho. “Na Itália, isso fez toda a diferença, e agora as pessoas têm um elemento a mais de nossa cultura para apreciar em nossos espetáculos, a música genuinamente nacional”, contou Tastaldi, orgulhoso, com toda razão.

Em Florianópolis, além dos espetáculos, eles promovem oficinas constantes de formação de bonequeiros, pois têm essa preocupação em deixar um legado. E mais: praticam um tipo de teatro institucional, dificílimo de ser realizado com talento, pois pode correr o risco de ficar maçante e professoral. Já fizeram, sob encomenda, uma peça de animação sobre a importância de economizar água e outro projeto se chamou Teatro Energia. Agora, estão às voltas com uma nova encomenda: uma peça para “ensinar” a população de Florianópolis a pagar contas pela internet.

Quem quiser conhecer mais sobre a Turma do Papum pode acessar o site deles, que é www.turmadopapum.com.br.

João e o Pé de Feijão fica em cartaz até o dia 25 de abril, aos sábados e domingos, às 16 horas, com ingressos a R$ 30 e R$ 15. O endereço do Teatro Brigadeiro é Av. Brig. Luís Antônio, 884, Bela Vista, tel. 3115-2637.

Tendências: