O roteiro do mil-folhas em São Paulo

Estadão

18 Julho 2012 | 15h36

Mille-feuille, ou mil-folhas, é um tradicional doce francês criado no século 17. Três camadas de massa folhada fina são recheadas com creme de confeiteiro, formando um pequeno bolo. Em algumas partes da França e de Portugal, ele é chamado de “Napoleão”, em homenagem ao ex-imperador francês.

O mil-folhas da Dolce Vita Doces Finos (Foto: Helvio Romero/AE)

O mil-folhas é um doce considerado difícil. A parte mais complicada do processo é a confecção das placas folhadas: para conseguir as camadas, o confeiteiro faz uma verdadeira malhação. “Preciso dobrar a massa e passar manteiga na mistura constantemente” , conta Juliana Roberta da Silva, proprietária da Dolce Vita.

Para Juliana, o doce francês faz parte da categoria “ame ou odeie”. “Não é todo mundo que gosta de massa folhada, mas é o doce preferido de algumas pessoas”, afirma. A versão da Dolce Vita leva um creme cuja receita é da família da chef. Vendida apenas sob encomenda, a delícia custa R$ 45, o quilo, ou R$ 3,90, o pedaço individual.

Confira um roteiro com outros endereços para comer mil-folhas em São Paulo:

Amorim Cheri. A doceria inaugurada no fim do ano passado tem em meio ao extenso cardápio de sobremesas um mil-folhas de baunilha, que é recheado com frutas vermelhas e custa R$ 15. R. Augusta, 2.321, Jd. Paulista, 3061-3283.

Boulangerie Mercure. O Sofitel, na Vila Clementino, mudou o nome para Mercure Grand Hotel Parque do Ibirapuera. Mas o mil-folhas de baunilha (R$ 10) continua sendo o maior atrativo da boulangerie do hotel. Av. Sena Madureira, 1.355, V. Clementino, 3201-0888.

Brunella (Foto: Divulgação)

Brunella. O pedaço da torta mil-folhas, que é vendida desde a época da inauguração da rede, em 1967, custa R$ 8. R. Abílio Soares, 931, Paraíso, 3884-7434.

Cedro do Líbano. Nos sabores nozes, nozes com damasco ou pistache, o mil-folhas é servido há dois anos na casa. O doce, que custa R$ 4,90, leva essência de flor de laranjeira e água de rosas. R. Pamplona, 1.701, Jd. Paulista, 3887-3546.

Di Cunto. Fundada em 1935, a tradicional rotisseria da Mooca tem uma grande variedade de doces em seus mostruários. Entre eles, está o mil-folhas, que custa R$ 5,50 e é coberto por açúcar de confeiteiro. R. Borges de Figueiredo, 61, Mooca, 2081-7100.

Dolce Vita. 8686-4994.

Douce France. Carro-chefe da pâtisserie, o mil-folhas (R$ 10,50)  é composto por três camadas de massa folhada e creme de baunilha. Al. Jaú, 554, Jd. Paulista, 3262-3542.

Jelly Bread.  O mil-folhas caramelado, com recheio de creme de banana e creme de confeiteiro (R$ 10,90), foi criado pela chef Amanda Lopes virou o carro-chefe da nova casa dos mesmos donos do restaurante Girarrostro. O doce é montado na hora do pedido e leva três minutos para ficar pronto. Av. Cidade Jardim, 60, Jardins, 3062-6000.

Kaá. Os pratos do chef francês Pascal Valero chamam a atenção, mas o que importa mesmo é a sobremesa. O mil-folhas, que custa R$ 18,50, é feito com uma mistura de doce de leite e creme de baunilha. Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 279, Itaim Bibi, 3045-0043.

La Pâtisserie. O espaço dedicado à confeitaria em meio ao restaurante All Seasons oferece um mil-folhas tradicional (R$ 8), recheado com creme de baunilha. Al. Santos, 85, Jd. Paulista, 2627-1336.

L’Entrecôte de Paris. Só é servido um prato principal no restaurante: entrecôte acompanhado por batatas fritas. Pelo menos, existem mais opções de sobremesas. Apesar de o carro-chefe ser o profiterole, o mil-folhas (R$ 16,80) faz sucesso com seu recheio de doce de leite. R. Pedroso Alvarenga, 1.135, Itaim Bibi, 3040-7732.

Marie Madeleine (Foto: Divulgação)

Marie-Madeleine. As três camadas de massa folhada invertida – que, a loja garante, é mais leve e aerada – são alternadas com creme de confeiteiro à base de fava de baunilha. São dois tamanhos: normal (R$ 14,50) e mini (R$ 4,50). R. Afonso Braz, 511, V. Nova Conceição, 2387-0019.

Monet. Criado pelo chef patissier Emerson Pina, o mil-folhas é o carro-chefe do cardápio de doces da casa. As camadas de massa são cobertas por doce de leite quente e crocante de frutas secas. O quitute custa R$ 16 e serve duas pessoas. R. Fradique Coutinho, 37, Pinheiros, 3032-7403.

Tera’s Café. A massa folhada de produção própria é intercalada com creme de baunilha e chantilly. Açúcar de confeiteiro é polvilhado sobre o conjunto, que sai por R$ 3 e é vendido às terças e quintas-feiras ou sob encomenda. Av. Dos Remédios, 716, V. dos Remédios, 3621-2210.

(Com colaboração de Míriam Castro)