Casa Suíça abre café e planeja franquia

Estadão

01 Outubro 2012 | 17h18

A Casa Suíça, tradicional fábrica de bolos, abriu há um mês um café no bairro de Pinheiros. O conceito é bem diferente da loja de fábrica, no Tatuapé, que vende apenas os bolos embalados. No café em Pinheiros, os clientes podem provar os quitutes em mesinhas redondas vermelhas, decoradas com a cruz branca da bandeira suíça. Todos os dias, dois sabores de bolos ficam expostos na vitrine. O de nozes, grande clássico da empresa, tem lugar garantido, enquanto o segundo tipo varia. Cada fatia custa R$ 2,50. Além dos bolos, dá para pedir salgados, que não são de fabricação da marca.

Thomas Hueller, um dos quatro sócios da Casa Suíça, fundada em 1996, diz que a loja ainda está em fase de testes e que estará em pleno funcionamento apenas em dezembro. “Para o Natal, vamos ter embalagens diferenciadas, para que os clientes possam dar presentes com preços justos”, afirma. Nos planos para as próximas semanas, Hueller anuncia a venda de bombons recheados e bolos com fermentação natural fabricados pela Casa Suíça especialmente para o novo negócio. O café será da marca Madame D’Orvelliers, variedade especial de origem controlada.

“A ideia é transformar essa ideia em uma franquia de sucesso”, diz. “No entanto, preciso aprender primeiro como se faz uma loja deste tipo.” As caixinhas de bolos, que enfeitam uma parede inteira do café, são vendidos por preços entre R$ 6,90 R$ 8,50. Há também panetones da marca (de R$ 12,50 a R$ 35).

 Serviço:
R. Simão Álvares, 370, Pinheiros, 3031-0052

(Com colaboração de Míriam Castro)