Cultura faz mais um corte de pessoal

Cristina Padiglione

17 de setembro de 2007 | 22h58

A TV Cultura, ou melhor, Fundação Padre Anchieta, o que engloba TV e Rádio Cultura, AM e FM, mais TV Rá-Tim-Bum, dispensou hoje 68 funcionários. Há pouco menos de um mês a Fundação já havia dispensado algo em torno de 20 pessoas.
Segundo a emissora, isso representará R$ 600 mil a menos na folha mensal de pessoal, e R$ 7,2 milhões ao ano.

Em carta enviada aos funcionários que restaram, Paulo Markun assim diz:
“Nesta data, estamos desligando do nosso quadro funcional um número expressivo de profissionais, alguns deles com décadas de trabalho e dedicação à Fundação Padre Anchieta.

Nunca é fácil enfrentar tal circunstância, especialmente no caso desta presidência que completa três meses de mandato. Tempo aplicado na realização de um primeiro diagnóstico administrativo, bem como em mudanças no organograma e modelo de gestão.

Nosso objetivo é assegurar um futuro sólido para a instituição que completa 40 anos e tem, como seus acionistas, 41 milhões de paulistas que pagam impostos e contribuem com metade dos recursos utilizados em nosso custeio.

Acreditamos que estas medidas, duras e amargas, poderão ser melhor compreendidas e assimiladas nessa perspectiva.

Atenciosamente,

Paulo Markun

Diretor-presidente

Fundação Padre Anchieta”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.