“Proteste Já” de Barueri foi melhor que a encomenda

Cristina Padiglione

23 de março de 2010 | 01h22

O “CQC” exibiu agora há pouco o resultado, melhorado, eu diria, do “Proteste Já” que iria ao ar na semana passada, quando uma juíza, atendendo à vontade do prefeito de Barueri, Rubens Furlan,  'vetou a exibição do material pelo programa da Bandeirantes.

Furlan, que desistiu da ação na terça-feira, dia seguinte àquele “CQC”, não só desistiu da ação, como recebeu Danilo Gentili em sua sala e desfilou toda a sua elegância. Para o programa, um prêmio: chamou os integrantes da atração de “babacas” o tempo todo, referiu-se várias vezes àquele “careca babaca”, citando Marcelo Tas, disse que lutou pela democracia para que programas como esse pudessem falar as “besteiras” que quisesse, e por aí foi o discurso de alguém visivelmente sem argumentos para o ato da semana anterior.

Gentili manteve-se impassível no seu cinismo, abrindo espaço para toda a agressividade do interlocutor.

Foi o melhor material que o programa já mostrou em 2 anos e uma semana de vida.

A propósito, convém corrigir uma série de informações sobre o post que eu havia escrito na semana passada: Rafinha Bastos e Gentili fizeram a matéria juntos. Foi Rafinha, e não Gentili, quem abordou a funcionária (e não diretora) da escola na porta de sua casa, pronta para levar o televisor para a escola após receber um telefonema de alguém que a avisa sobre a presença do outro CQC, Gentili, que àquela altura estava a caminho da escola, para checar as condições do televisor doado.

Em nenhum momento a Secretaria de Educação questiona se a documentação preenchida pelo doador (que não se sabia ser o CQC até então) estava adequada para procedimentos de doação. Esta alegação tinha surgido aqui neste blog entre os comentários do post sobre o caso.

Rafinha e Gentili estavam perfeitos, sob medida, nem mais nem menos.
Em suma: foi muito muito muito bom. Sinal de que Santa Clara, a padroeira da TV semanalmente evocada por aquela bancada, tem zelando pelos “babacas” que despertaram o espírito democrático do prefeito Furlan.

Tudo o que sabemos sobre:

BandeirantescensuraCQC

Tendências: