Notícias de uma guerra particular: é o Afro Reggae no Multishow

Notícias de uma guerra particular: é o Afro Reggae no Multishow

Cristina Padiglione

21 de outubro de 2009 | 16h52

Quem der de cara com a nova temporada do “Conexões Urbanas” que estreia nesta sexta-feira, no canal Multishow, pode até suspeitar que o programa tenha sido feito sob encomenda para o contexto da guerra que explodiu do fim de semana para cá nos morros cariocas. Não foi.

Protagonizado por José Júnior, o coordenador-executivo do AfroReggae, que aí aparece sobre um helicóptero da polícia, os 13 episódios da nova safra foram todos gravados bem antes que um outro helicóptero policial fosse abatido por traficantes. Júnior abre a série mostrando justamente
o conflito nas favelas do Rio, sob o ponto de vista da polícia e do bandido, o que lhe valeu um passeio no Caveirão do Bope. Pirataria, no programa, será tema tratado sob o prisma da inclusão. Vale ver ainda como se pratica jornalismo em áreas de conflito, a importância dos negros na moda brasileira, o genocídio em Darfur (Sudão) e o trabalho desenvolvido pelo grupo Nós do Morro, que há mais de 20 anos promove acesso à arte e à cultura.

O Multishow garante que o programa não sofrerá alteração em função do assassinato de João Evandro da Silva, coordenador técnico do AfroReggae, morto a tiros também no fim de semana, no Centro do Rio, após ser assaltado. Ele será homenageado hoje na 10ª edição do Orilaxé – premiação sociocultural do grupo. O evento celebra os 16 anos do Afro Reggae, que nasceu após a chacina de Vigário Geral em 1993, resultando em 21 mortos.

O canal promete botar no ar em seu site (www.multishow.com.br) entrevista com Júnior, mais vídeos exclusivos, galeria de fotos e guia dos episódios.

CONEXÕES URBANAS
ESTREIA: Sexta-feira, 23 de outubro, às 23h.
Horários alternativos: sábado, às 14h30; domingo, às 8h30; segunda-feira, às 13h e terça-feira, às 16h.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: