MTV abraça sua responsa

Cristina Padiglione

08 Fevereiro 2007 | 18h28

Contrariando o oba-oba que atribui, equivocadamente, caráter de censura à nova classificação indicativa, a MTV botou uma campanha no ar que abraça sua responsabilidade no negócio (ao contrário daquele filme veiculado por Globo e SBT que mostrava sucessivos pares de mãos desvendendando os olhos de uma garotinha).


O texto é claro:

“A televisão brasileira já fez coisas geniais, mas também colocou diversas porcarias no ar…
Isso porque alguns profissionais são capazes de qualquer coisa na luta pela audiência, e isso pode acontecer em qualquer empresa de comunicação.

É por isso que além da responsabilidade dos pais, na educação dos filhos, e de especialistas, na classificação indicativa de horários….

…são AS EMPRESAS e veículos de comunicação os maiores responsáveis pelo conteúdo que exibem.
O Brasil será melhor se todos assumirem suas responsabilidades.”

MTV Brasil