Leifert lança campanha pelo pufe do Caio

Cristina Padiglione

11 de julho de 2010 | 01h56

Logo mais, quando Tiago Leifert comandar o último Central da Copa e nos deixar com síndrome de abstinência de sua presença naquele estúdio high-tech, com miniauditório, estará dada a largada para a campanha #queroopufedocaio no twitter, via @rede_globo, ou seja, é preciso seguir o perfil da emissora na rede de microblog para tomar parte do concurso.
Leifert vai dar o banquinho em que o comentarista da Globo “esteve aprisionado” durante todo o mundial, souvenir inconteste da Copa da África nos estúdios cariocas do plim-plim, ao internauta que postar no twitter a melhor frase para a pergunta: por que eu quero o pufe do Caio?
Como diz o apresentador, a boa do Twitter está justamente no limite de 140 cartacteres. Isso já exclui todo e qualquer candidato tentado a fazer um tratado sobre o pufe em questão.

Em tempo: Tiago Leifert é o cara que todo apresentador de TV poderia mirar e dizer: ‘quando eu crescer, quero ser igual a ele’. O sujeito é bom. Pensa rápido. Fala com total naturalidade e, melhor, não fala besteira. Digo, não fala besteira de modo geral. Claro que às vezes escapa um legume aqui, outro acolá. Mas, em se tratando de futebol, terreno propício para o discurso de tantas asneiras, Tiago é um lord. Sem qualquer formalidade.

Mais conteúdo sobre:

CaioGloboTiago LeifertTwitter