Globo confia na disposição de Benedito para tocar ‘Velho Chico’ sem a filha

Globo confia na disposição de Benedito para tocar ‘Velho Chico’ sem a filha

Cristina Padiglione

20 de abril de 2016 | 13h42

Bene
B
runo, Benedito, Luiz Fernando e Edmara, no lançamento da novela

 

Filha de Benedito Ruy Barbosa, Edmara Barbosa, que vinha assinando a novela ‘Velho Chico’ ao lado do filho, Bruno Luperi, deixou o expediente. O folhetim é uma criação do pai dela, Benedito Ruy Barbosa, que em tese ficaria responsável apenas pela supervisão do texto, desenvolvido pela filha e pelo neto, pessoas de sua confiança. Com mais de 80 anos e tendo passado a última década sob delicada situação de saúde, em consequência de um AVC, Bené não deveria se envolver no puxado expediente exigido pela feitura de uma telenovela.

Mas quem conhece o autor, um dos últimos exemplares do gênero a escrever sozinho, sabe que ele não aguentaria olhar sua obra a distância. Nem caco ele permite que os atores coloquem no seu texto, durante as gravações, alterando o que vem no script. Luiz Fernando Carvalho pode, e o autor gosta muito, dar ao texto do autor uma leitura que, como disse Bené, nem ele imaginava, mas os diálogos são fiéis ao que ele escreve. Já no evento de lançamento de Velho Chico, as divergências entre ele e Edmara saltavam aos olhos dos repórteres que ouviam o trio (Edmara, Benedito e Bruno). Quando ela começava a falar sobre a importância de técnicas de irrigação, plantio e sobrevivência à beira do Rio São Francisco, o pai a interrompia: “mas nada disso dá audiência; o que dá audiência é o romance proibido dos dois jovens”, arrematava, sem dar chance de Edmara concluir sua explanação.

Perguntei a ele, na ocasião: “você vai aguentar ficar longe da realização do texto?” Ele jurava que a filha e o neto já estavam bem treinados para tocar o barco sozinhos. A Edmara e Bruno, questionei se ele de fato se conformava com a condição de supervisor ou se dava muito pitaco. “Se a gente tem uma fonte como essa ao lado, por que não usufruir das ideias dele?”, respondeu o neto, indicando que o avô evidentemente não estava tão distante assim.

O temor pela saúde frágil de Benedito de alguma forma se dissipa, a essa altura, com a novela já encaminhada em suas duas fases e um roteiro em adiantado estágio. Em nota enviada pela Globo a quem procura a assessoria de imprensa para obter mais detalhes sobre a saída de Edmara, a emissora informa que “Como o direcionamento do Benedito já está bem adiantado, com trajetórias dos personagens bem delineadas e as duas fases já implantadas, além de uma frente de roteiros confortável, a Edmara conversou com ele, disse que gostaria de se afastar, Benedito concordou e Bruno, com os colaboradores, têm trabalhado sob uma supervisão mais próxima.”

A notícia da saída de Edmara foi publicada pela coluna Outro Canal, assinada pela jornalista Ligia Mesquita, na Folha de S.Paulo, nesta quarta-feira. Segundo o texto, Edmara teve “atritos” com o pai e resolveu deixar a trama.