Freud explica. A piada

Cristina Padiglione

04 de outubro de 2006 | 16h21

Porta-voz da turma do Casseta & Planeta, Manfredo nos envia o texto exato da esquete que foi ao ar ontem no programa, associando eleições, Freud e dossiê. No quadro, um repórter questionava um “matuto”, ali retratado na caricatura do caipira.

“REPÓRTER – Como já era previsto, as graves denúncias de falcatruas e maracutaias envolvendo os aspones mais próximos do Presidente Luís Enroladácio Lula da Silva, não chegaram nos mais longínquos grotões do Brasil. Estamos aqui em Fiofó-do-Mundópolis, onde todos os eleitores votaram pela reeleição.”
(o repórter então se dirige a um “matuto”)
“Meu amigo, vocês aqui não ouviram falar do escândalo do dossiê, aquele em que tava envolvido o tal do Freud ?

MATUTO – Freud ?!! Que Freud ?!! Aquele médico austríaco que foi o fundador da psicanálise, que desenvolveu aquelas teoria do inconsciente ? Tô sabendo nada disso, não ! Aqui na região nóis é tudo lacaniano !”

“Acho que ninguém entendeu direito,paciência”, respondeu-me Manfredo por e-mail.
Eu o procurei para perguntar se o episódio representava a possibilidade de a trupe vir a brincar mais com os candidatos a partir de agora, visto que a regra do grupo é evitar citar personagens e episódios reais nessa temporada de votos. E citei que uns e outros viram na cena uma reprodução do estigma que dá ao eleitor de Lula o crédito de “mal informado”.

Diz Manfredo: “Você acha que caipira mal informado sabe que Freud (o original) foi um médico austríaco fundador da psicanálise que desenvolveu a teoria do Inconsciente, e ainda, se declarar lacaniano ?
A outra questão, Freud (médico) x Freud (assessor do Lula) também foi uma piada, aproveitando o fato do nome (famoso) ser igual.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.